Madrugada da Alt Fm
00:00 às 04:00
Altinópolis, Domingo, 23 de Setembro de 2018
Filhos de Leandro que herdaram fazendas do cantor contam como vivem 20 anos após tragédia

25 de Junho de 2018

O Brasil perdeu há 20 anos um dos seus maiores ídolos. Sucesso em dupla com o irmão Leonardo, o cantor sertanejo Leandro faleceu vítima de um câncer e deixou o país em luto. Ele deixou quatro filhos, que hoje vivem das recordações e da herança deixada pelo pai. Em entrevista ao jornal Extra, eles contaram como estão atualmente e falaram sobre a saudade que o cantor deixou.



O mais jovem dos quatro é Leandrinho, que tinha apenas quatro meses de vida quando a tragédia aconteceu. Sem nenhuma memória do semblante do pai, ele o mantém vivo com violões, discos e fotos do sertanejo. “Deixo tudo na entrada para sempre estar em contato com a memória dele e nunca esquecer. Fica sempre um sentimento de querer ter conhecido ele”, lamentou.



Lyandra Costa, que tinha dois anos, partilha do mesmo sentimento: “Não aprendi dizer adeus. As pessoas não são substituíveis, e a saudade não morre, a gente aprende a lidar. Penso no meu pai todos os dias, mesmo. E sei que vai ser para sempre assim. Ele vive em mim e viverá pra sempre. Sempre vejo vídeos e fotos, e isso ajuda a manter a memória dele. Mas, o que mais mantém ele vivo em mim é o amor que eu sinto por ele, que é muito grande“, disse. 



O filho mais famoso do cantor é Thiago Costa, que emplacou uma parceria na música com o primo, Pedro, até 2013. Ele é o mais velho e tinha 13 anos na época, sendo o que mais consegue guardar recordações do pai em sua memória. “A saudade não ameniza nunca, mas procuro sempre guardar as boas lembranças. Os momentos mais difíceis eram o Dias dos Pais, Natal e o aniversário dele”, lamentou.



Na época em que faleceu, o que se sabia era que o cantor tinha apenas os três filhos acima. Há dez anos, no entanto, exames comprovaram que o famoso também era pai de Leandro Borges, fruto de um rápido relacionamento do sertanejo com Sebastiana, uma empregada da família no início dos anos 90. A descoberta fez com que a herança do sertanejo fosse refeita.



Leandro, que nunca chegou a conhecer o pai, revelou que sua vida mudou definitivamente após o caso, da qual ele já tinha conhecimento: “Minha vida mudou da água pro vinho. Eu tinha 17 anos quando, através de um jornalista, me aproximei da minha família paterna e comecei a viver do que o meu pai tinha. Fiquei com duas fazendas, criação de gados e um motel que até hoje eu administro“, revelou.



 



Sinto por não ter tido a oportunidade de não ter convivido com ele e nunca ter comemorado um Dia dos Pais com o meu pai, mas não recrimino a minha mãe por ter me privado desse contato. Ela tinha 17 anos quando ficou grávida e decidiu não contar, na época, por conta da repercussão. Mas ela nunca escondeu de mim que ele era o meu pai, e eu sempre o admirei“, completou.



 


 


Contato: 16 3665.2000
Rua Rio Grande do Sul, 45 - Jardim Xavante - Altinópolis/SP
Todos os direitos reservados